FNL publica carta à Prefeita Elisabeth reivindicando por direitos básicos Foto: Reprodução Facebook

FNL publica carta à Prefeita Elisabeth reivindicando por direitos básicos

O ministério público emitiu nota técnica que orienta ligação de água e luz

Boca No Trombone 28.03.2022 21h39

A direção da Frente Nacional de Luta Campo de Cidade (FNL) de Ponta Grossa publicou hoje (28) uma carta para a Prefeita Elisabeth Schimit pedindo por condições básicas de sobrevivência na ocupação, que estão aguardando a assinatura da prefeita para a liberação desde o ano passado. Eles pedem por chuveiro coletivo, banheiros químicos, cesta básica e mais.

São mais de 300 crianças além de milhares de adultos que estão vivendo na ocupação, de acordo com a FNL. Neste momento, está ocorrendo um surto de diarreia no acampamento, que tem atingido  diversas pessoas. Uma mãe comentou que os três filhos ficaram doentes e não havia remédios na farmácia municipal. 

"Tive que gastar com remédio pra minha filha melhorar, por que não tinha remédio no posto. Gastei o que não tinha, depois que ela sarou foi meu filho mais velho que ficou doente. Depois que ele estava sarando, foi o meu mais novo. Resumindo, 3 semanas com meus filhos com diarreia, vomito e dor de barriga. Espero que o meu outro filho não fique doente também, pois tenho 4 filhos. Não está sendo fácil", desabafou a mãe que mora na ocupação. 

A direção e os integrante do FNL pedem por: chuveiro coletivo; que seja destinada máquina patrola para que abra as ruas novamente, pois estão tomadas de entulho, lixo e mato; seja destinado caminhão pipa e caixa de água potável; banheiros químicos; cestas básicas; e que seja ligado os postes de luz, uma vez que toda a instalação está lá e com rede elétrica em funcionamento.

Confira a carta completa:

"Carta a Prefeita Elisabeth PSD

Senhora Prefeita, Rogamos a ti
Vossa senhoria é mãe e avó e sabe que temos que ter o maior cuidado com nossos filhos e netas. Nesse momento vivem na nossa ocupação mais de 300 crianças além de milhares de adultos.
Um surto de diarreia atinge nosso acampamento e nos causa profunda tristeza ao saber que água e luz que são essenciais a nossa vida, dependem de uma simples assinatura sua.
Assim vimos a público rogar por sua compaixão e solicitamos com a máxima urgência que Vossa Senhoria de anuência para que seja permitida a copel e sanepar ligar a água no nosso acampamento.
Esperamos do fundo do nosso coração não seja necessário ir até a prefeitura com centenas de famílias para que uma coisa tão simples seja encaminhada.
O ministério público emitiu nota técnica que orienta ligação de água e luz em ocupações ainda que de forma provisória mas para isso depende da anuência da prefeitura.
Assim rogamos a Vossa Senhoria querida e estimada prefeita, põe a mão no coração!!!!! Dê essa anuência ainda hoje.
Em conversa com Leandro Dias da direção Nacional da FNL no dia 08 de dezembro do ano passado ficou acordado que se liberássemos o cadastro Vossa Senhoria iria atender nossa lista de reivindicações básicas, pois bem o cadastro foi liberado a meses atrás e falta agora Vossa Senhoria cumprir com sua palavra.
Pautas Mínimas:
- Chuveiro coletivo
- Seja destinada máquina patrola para que abra as ruas novamente pois estão tomadas de entulho, lixo e mato.
- Seja destinado caminhão pipa e caixa de água potável,
- Banheiros químicos,
- Cestas básicas,
- Seja ligado os postes de luz, uma vez que toda a instalação está lá e com rede elétrica em funcionamento.
Nos colocamos sempre à disposição de Vossa Excelência ao diálogo, aguardamos e indicamos o acampamento para recebimento das correspondências oficiais.
Ponta Grossa, 28 de março de 2022.
Atenciosamente,
Direção FNL – Frente Nacional de Luta Campo de Cidade.
TERRA. TRABALHO, MORADIA E LIBERDADE"

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP