Morte de jovens ainda é um mistério para as autoridades Foto: Reprodução

Morte de jovens ainda é um mistério para as autoridades

O BnT Online teve acesso a informações que podem mudar o rumo da história

Boca No Trombone 22.05.2022 12h38

No início da tarde da última sexta-feira (20), os corpos de dois jovens foram encontrados na região do Alagados na cidade de Ponta Grossa. As informações de familiares são de que os dois teriam saído para acampar, mas nunca voltaram para casa; o desaparecimento aconteceu no dia 12. As autoridades ainda investigam e analisam o que teria acontecido antes da morte de Mariana De Carvalho Rodrigues Carneiro e Matheus de Lima.

Segundo informações obtidas pelo portal Boca no Trombone, o casal teria deixado uma barraca armada no local do acampamento com um bilhete “leve o que quiser”, afirmando que quem encontrasse o local poderia levar qualquer objeto. Dentro da barraca, o irmão de Mariana ainda chegou a encontrar um pendrive, que teria uma carta de despedida, escrita pelas mãos da própria Mariana.

Já no local onde os corpos foram encontrados mais mistérios: Matheus foi encontrado com um fio de luz amarrado no pescoço, sem indícios visuais de morte por queda. Já Mariana foi encontrada com um corte no pescoço e maxilar deslocado. As autoridades afirmam que a situação é no mínimo estranha, isso porque as fraturas encontradas não combinam com a queda. Mariana caiu de costas, mas fraturou o maxilar, o que é no mínimo incomum.

Encontros anteriores

Segundo o próprio irmão da vítima, o jovem Matheus de Lima "infernizava" Mariana e ele é que teria convidado ela para sair no dia 12, para acampar. Nas redes sociais, Mariana mantinha um estilo “Dark” com publicações de morte; certa vez ela chegou a tentar doar um gato, pois o local que ela iria era muito triste para ele. Já Matheus era diferente e mantinha publicações alegres, dizendo várias vezes que amava Mariana em sua rede social

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP

Deixe seu comentário