Ponta Grossa tem a gasolina mais cara do Paraná

Ponta Grossa tem a gasolina mais cara do Paraná

Valor praticado varia de R$5,43 a R$5,59

Carlos Ozório 05.08.2022 18h24

Proprietários de veículos automotores como carros e motos estão de olho no valor da gasolina vendida em Postos de Combustíveis e nas quedas anunciadas pelo governo e pela Petrobras.

Quem reside na cidade de Ponta Grossa não está contente com os valores praticados pelas redes de postos da cidade e a comparação com municípios menores sempre é utilizada para comparar os altos valores praticados na cidade princesina.

Leitores do Portal BnT Online entraram em contato questionando os valores praticados na venda de combustível na cidade de Ponta Grossa e solicitando melhor atuação dos órgãos fiscalizadores.

“Na nossa cidade o valor [do combustível] continua sendo um dos maiores da região e cidades próximas. Está na hora do Procon fiscalizar. ”

Diante disso uma pesquisa foi realizada pelo Portal BnT Online, utilizando do registro de valores em postos de combustíveis da cidade de Ponta Grossa, utilizando ainda como apoio o programa Menor Preço Paraná, fornecido pelo Governo do Paraná, o qual indica o menor preço de inúmeros produtos em cada município.

Os números não mentem, os motoristas têm razão e a cidade de Ponta Grossa tem um dos combustíveis mais altos do Paraná. De acordo com os dados coletados, o litro da gasolina com o menor valor na cidade é de R$5,43 em alguns estabelecimentos, em sua maioria o valor praticado é de R$5,59.

Em Curitiba, por exemplo, o menor valor praticado é de R$5,38, enquanto na cidade de Guarapuava, o menor valor praticado é de R$4,89, sendo um dos valores mais baixos utilizados na comercialização da gasolina.

Após as reduções de ICMS a Petrobrás anunciou no dia 28 de julho a redução de R$0,15 no litro da gasolina.

“Quando é para aumentar o preço, instantaneamente é atualizado nas bombas, já quando é anunciado redução, demora vários dias, isso quando repassam a redução, não existe fiscalização”, desabafa outro leitor.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP