Prefeita quer Ponta Grossa “Cidade Irmã” de Florianópolis Foto: Reprodução

Prefeita quer Ponta Grossa “Cidade Irmã” de Florianópolis

Consecução de objetivos comuns pode ser estabelecida dentro do que se convencionou denominar "paradiplomacia"

Luis Carlos Pimentel 05.08.2022 16h57

A prefeita Elizabeth Schmidt, em gozo de férias desde esta sexta-feira (5) enviou mensagem à Câmara Municipal demonstrando o seu desejo de celebração de acordos de cooperação para consecução de objetivos comuns com a Florianópolis (SC). Para que a vontade da chefe do Executivo se torne realidade, precisa da autorização dos parlamentares, que devem discutir e votar a matéria assim que ela deixe o trâmite nas comissões permanentes da casa (Projeto de Lei Ordinário 239-2022.

Esse tipo de acordo está inserido no que se convencionou denominar “paradiplomacia”, porque esse relacionamento institucional dos entes municipais federados, ou de municípios brasileiros e de outras nações, independe dos governos estadual e federal, devido à autonomia municipal.

O projeto estabelece as bases para a consecução de objetivos comuns aos dois municípios em todas as áreas, justifica Elizabeth Schmidt. Em especial, destaca a prefeita, nos campos de Inovação e Cultura, Esporte, Educação, Turismo, Administração, Políticas Públicas, Comércio, Industria e Qualificação Profissional.

Em caso de aprovação do projeto, a operacionalização das iniciativas comuns se dará através de acordos de cooperação, que, no âmbito local, serão construídos e geridos pela Agência de Inovação e Desenvolvimento – AID.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP