Notícias Corporativas

Assistência funeral auxilia pessoas em processo de luto

Assistência funeral auxilia pessoas em processo de luto
Assistência funeral auxilia pessoas em processo de luto
Desde 2022, o luto prolongado é considerado um transtorno mental; diretor executivo do Grupo Riopae explica o que é e como funcionam os serviços de uma assistência funeral

O luto é um processo natural, caracterizado pelo sofrimento e pela saudade, como resultado da perda de alguém, conforme definição do Ministério da Saúde. Apesar disso, há situações em que esse processo se torna ainda mais complicado, como ocorre com o chamado luto prolongado.

Para se ter ideia da gravidade, em 2022, esse tipo de luto passou a ser considerado um transtorno mental na nova versão do manual de diagnósticos de transtornos mentais da APA (Associação Americana de Psiquiatria) e na CID-11 (Classificação Internacional de Doenças), elaborada pela OMS (Organização Mundial da Saúde). 

Nesse panorama, Vinicius Chaves de Mello, diretor executivo do Grupo Riopae – responsável pelo Crematório Metropolitano São João Batista, localizado na cidade de São João de Meriti (RJ) -, destaca que modalidades como o serviço de assistência funeral podem ajudar como um apoio em momentos de dor e dificuldade.

“Uma assistência funeral completa vai além de um simples serviço, pois possibilita lidar com o falecimento de um ente querido mesmo quando não há alguém próximo a quem recorrer para cuidar dos detalhes práticos e emocionais que envolvem um funeral”, afirma Mello.

Segundo ele, uma assistência funeral completa oferece um suporte especializado para lidar com todos os aspectos burocráticos e logísticos associados à perda de um ente querido. “Desde a obtenção de certidões de óbito até a organização do funeral, propriamente dito, esses profissionais estarão lá para assumir o fardo das formalidades, permitindo que a pessoa se concentre no processo de luto e na despedida do seu ente querido”.

Além disso, de acordo com o especialista, uma assistência funeral completa busca proporcionar conforto emocional e apoio psicológico durante um momento de “extrema sensibilidade”: “Os profissionais desse serviço estão treinados para oferecer o suporte emocional, tanto para a família enlutada, quanto para os amigos, ajudando a enfrentar a dor da perda e a encontrar formas saudáveis de lidar com o luto”.

Para o diretor executivo do Grupo Riopae, outro aspecto importante é que a contratação de uma assistência funeral completa pode ajudar a garantir que os desejos finais do falecido sejam respeitados e executados da maneira mais adequada possível – o que inclui a escolha do tipo de cerimônia, do local do sepultamento ou cremação e, até mesmo, detalhes como a seleção de flores e músicas.

“Ao contratar uma assistência funeral completa, você pode contar com a expertise e a experiência de profissionais capacitados para lidar com situações delicadas de forma digna e respeitosa, como os procedimentos legais e culturais associados ao funeral, podendo orientar a família enlutada em cada passo do processo”, explica.

Assistência auxilia enlutados com entraves burocráticos e legais 

De acordo com Mello, a assistência funeral desempenha um papel fundamental na resolução de diversos entraves burocráticos e legais que surgem após o falecimento de um ente querido. Entre os principais desafios, estão elencados:

  1. Obtenção da certidão de óbito – Uma das primeiras tarefas, após o falecimento, é obter a certidão de óbito, que é necessária para lidar com uma série de questões legais, como a designação da escolha entre a cremação e o sepultamento, transferência de bens, processos de seguro e aposentadoria, entre outros. A assistência funeral deve facilitar esse processo, ajudando a preencher os formulários necessários e coordenando, com as autoridades competentes, para garantir a correta emissão da certidão.
  2. Trâmites legais para cremação ou sepultamento – Dependendo das leis locais e das preferências da família, podem ser necessários diferentes trâmites legais para realizar a cremação ou o sepultamento do falecido. A assistência funeral deve orientar a família sobre os requisitos legais e ajudar a obter as permissões necessárias junto às autoridades competentes.
  3. Documentação relacionada ao seguro de vida – Se o falecido possuía um seguro de vida com cobertura para funerais, é necessário entrar em contato com a seguradora e apresentar a documentação necessária para solicitar o pagamento do benefício. A assistência funeral pode ajudar a organizar essa documentação e a comunicar-se com a seguradora.
  4. Orientações sobre abertura de inventário – Após o falecimento, pode ser necessário transferir a propriedade de bens e ativos do falecido para os seus herdeiros. A assistência funeral pode fornecer orientações sobre os procedimentos legais necessários e ajudar na preparação da documentação necessária.
  5. Questões relacionadas ao funeral e à cremação ou sepultamento – A assistência funeral também lida com uma série de questões práticas relacionadas ao funeral, cremação ou sepultamento, como a escolha do local da cerimônia, a contratação de serviços de transporte, a preparação do corpo e a coordenação do cerimonial, além de todos os detalhes logísticos para garantir que o funeral seja realizado de acordo com os desejos da família e dentro dos parâmetros legais.

“Esses, são apenas alguns exemplos, dos muitos entraves burocráticos e legais que uma assistência funeral pode ajudar a resolver, aliviando a carga sobre a família enlutada e permitindo que se concentrem no processo de luto e despedida”, afirma Mello.

Para concluir, ele ressalta que os serviços de uma assistência funeral completa não se limitam a, apenas, organizar um evento, pois oferecem um apoio abrangente e humano em um momento de extrema fragilidade. “Contratar uma assistência funeral é investir em paz de espírito, para você e sua família, garantindo que o processo de despedida seja conduzido com respeito, dignidade e compaixão”. 

Para mais informações, basta acessar: https://www.crematoriosaojoao.com.br/home


BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone