Notícias Corporativas

Museu Al Shindagha – Uma jornada moderna pela riqueza do patrimônio e tapeçaria cultural de Dubai

Gerenciado porAutoridade de Cultura e Artes de Dubai (Dubai Culture)

Conforme Dubai se prepara para sediar pela primeira vez na região MENASA a prestigiosa Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus (ICOM) em 2025, o Museu Al Shindagha está pronto para desempenhar um papel fundamental nesse evento marcante. Gerenciado pela Autoridade de Cultura e Artes de Dubai (Dubai Culture), o museu é um testemunho da rica herança e tapeçaria cultural dos Emirados Árabes Unidos.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20240423336945/pt/

Al Shindagha Museum, the UAE’s largest heritage museum on the banks of Dubai Creek (Photo: AETOSWire)

Al Shindagha Museum, the UAE’s largest heritage museum on the banks of Dubai Creek (Photo: AETOSWire)

O Museu Al Shindagha, maior museu de herança dos Emirados Árabes Unidos, é uma parada proeminente na rota para entender Dubai. Ele tece uma tapeçaria única de histórias e oferece jornadas distintas que guiam os visitantes por uma variedade de 22 pavilhões localizados em mais de 80 casas históricas, celebrando a história e cultura de Dubai. O museu oferece aos visitantes a oportunidade de se envolverem no passado dos Emirados por meio de diversas coleções, exposições e materiais arquivísticos, coletivamente obtidos em colaboração entre o museu e mais de 100 membros da comunidade, ilustrando um esforço conjunto entre o museu e o povo para preservar e exibir seu legado coletivo.

O museu apresenta suas narrativas de forma moderna e envolvente, empregando tecnologia avançada de interpretação e ferramentas educacionais interativas para mostrar a evolução e conquistas de Dubai. Isso enfatiza a relevância das coleções do museu, que capturam a essência da herança de Dubai através da lente de seu tecido urbano em desenvolvimento.

Os pavilhões do Museu Al Shindagha buscam apresentar um equilíbrio entre modelos de interpretação passiva e interativa. O foco do museu está na preservação das histórias orais da nação. A tecnologia emergente utilizada em todo o museu, como o pavilhão “‘Culture of the Sea” (cultura do mar) e “Life of Land: Expressions House” (vida da terra: casa das expressões), permitiu que o conteúdo fosse digitalizado e disseminado.

O pavilhão “Dubai Creek: Birth of a City” (Dubai Creek: o nascimento de uma cidade) oferece aos visitantes uma jornada audiovisual imersiva que encapsula a extensa história de desenvolvimento do emirado. Complementando essa viagem sensorial, a “Perfume House” (casa dos perfumes) envolve os visitantes com as raízes históricas das fragrâncias de Dubai, proporcionando uma exploração evocativa através dos aromas que a perfumaram.

O Museu Al Shindagha desempenha um papel fundamental como guardião da rica herança cultural de Dubai. Ele não é apenas um museu, mas um testemunho vivo do rico passado da cidade, continuando a crescer através do cultivo de conteúdo local e feedback liderado pelo seu princípio orientador de ser um museu do povo para o povo.

Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Contato:

Antoine Boghos, +971503310001

[email protected]

Fonte: BUSINESS WIRE


BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone