Notícias Corporativas

Uso de VAR pode tornar o futebol mais justo, diz técnico

Uso de VAR pode tornar o futebol mais justo, diz técnico
Uso de VAR pode tornar o futebol mais justo, diz técnico
O VAR (Video Assistant Referee) ou Árbitro Assistente de Vídeo age como um assistente de vídeo para os árbitros, buscando identificar certas particularidades que podem passar despercebidas pelo mediador responsável pela partida

O futebol é reconhecido como uma das maiores referências mundiais no esporte. Esta informação, a maioria das pessoas já sabe, até mesmo aquelas que não acompanham os campeonatos e times de perto. No entanto, algumas delas não devem ter noção da força deste negócio para a economia.

Para se ter ideia, somente na primeira janela de 2022, o mercado da bola movimentou cerca de R$300 milhões. Estes números fazem parte do último relatório da Diretoria de Registro, Transferência e Licenciamento de Clubes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Em meio a estes investimentos, a tecnologia tem desempenhado também um papel importante no futebol. Desde a sua implementação oficial, a partir da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o VAR (Video Assistant Referees) ou Árbitro Assistente de Vídeo em tradução livre tem como finalidade ajudar o árbitro central, no campo de jogo, a analisar lances considerados suspeitos.

Luiz Antonio Duarte Ferreira, colunista esportivo do Jornal da Manhã de Marília, em São Paulo, explica que, desde a implementação do VAR, debates têm permeado as discussões, questionando sua eficácia e o reflexo no ritmo e na essência do futebol. “Com a chegada do VAR, o peso da decisão destinado ao árbitro é dividido com outros três árbitros que fazem uso da tecnologia em tempo real. Seguramente as decisões se tornaram mais precisas e justas depois da implantação desta tecnologia”, informa.

O especialista em futebol reforça ainda que esse sistema utiliza, essencialmente, câmeras de alta resolução e comunicação instantânea para auxiliar os árbitros na tomada de decisões cruciais, como gols, pênaltis e lances controversos. “O uso do VAR tem contribuído para minimizar erros de arbitragem, permitindo que nenhum time seja prejudicado por uma sinalização errada ou alguma pontuação que foi obtida fora do padrão esperado, o que ajuda a justiça nas partidas”, destaca o sócio da Duarte Sports.

Ainda segundo o profissional, a tecnologia também desempenha um papel importante na preparação dos jogadores e equipes na medida que oferece ferramentas como análise de desempenho, rastreamento de dados biométricos e simulações computadorizadas que podem ser utilizadas para melhorar o treinamento e o condicionamento físico dos atletas.

“O uso destes mecanismos, como o VAR, pode proporcionar aos técnicos análises táticas mais refinadas ao oferecer insights valiosos para o aprimoramento das estratégias de suas equipes, o que aumenta o desempenho dos atletas e, consequentemente, a competitividade. Tudo isso alinhado pode vir a ampliar o leque de possibilidades para o desenvolvimento do jogo”, conclui o profissional.

Para mais informações, basta acessar: https://www.instagram.com/duartesports/?hl=en


BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone