VÍDEO: Depois de protesto, criança passa por cirurgia de emergência em PG Foto: Reprodução

VÍDEO: Depois de protesto, criança passa por cirurgia de emergência em PG

Vídeo que mostra a tia desabafando sobre demora no atendimento a criança ganhou as redes sociais

Marcos Silva 20.11.2021 16h34

O vídeo que mostra uma mulher desesperada, pedindo socorro e relando a demora para atendimento médico a sua sobrinha, além de outros problemas na saúde pública em Ponta Grossa ganhou as redes sociais nesta semana.

A mulher que aparece na imagem é Cristina Aparecida Sperandio, tia da pequena Katlyn Cristine, de 12 anos. Ela conversou com exclusividade com o Portal BnT Online e desabafou sobre a verdadeira romaria enfrentada pela família, desde o mês de fevereiro, quando a criança começou a reclamar de dor.

“Ela já não aguentava a dor nem com morfina”, disse a tia.

No vídeo, Cristina mostra a área do Pronto Atendimento Infantil (PAI), anexo à UPA Santa Paula, completamente lotada. Ela relata a demora para atendimento de crianças e, além disso, o fato de que pacientes positivados para Covid-19 estariam no mesmo espaço que outras pessoas sem a doença.

Depois da repercussão gerada pelo vídeo, Katlyn foi levada para o Pronto Socorro Municipal. Neste sábado (20) ela passou por cirurgia, para retirada do apêndice. Não sem antes enfrentar mais lutas, já que no Pronto Socorro não havia equipamento para realizar tomografia com contraste. Depois de mais protestos e do trabalho eficiente da equipe médica do PS, finalmente o exame saiu e a criança foi imediatamente para a sala de cirurgia. A notícia, finalmente, trouxe alívio para a família.  

“Aqui no Pronto Socorro o médico fez de tudo, até encontrar o problema da minha sobrinha, graças a Deus”, elogiou a tia.

 

SEM RESPOSTA

O Portal BnT Online entrou em contato, ao longo da semana, com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Ponta Grossa para pedir informações sobre a situação relatada por Cristina e sobre outras reclamações referentes à UPA Santa Paula e o atendimento a crianças na cidade. Porém, até o momento, não tivemos respostas.

 

PROTESTO

Porém, as reclamações quanto aos problemas no atendimento a crianças em Ponta Grossa persistem. Um grupo de mães agendou para a próxima terça-feira, dia 23, às 14h30, um panelaço em frente à Prefeitura de Ponta Grossa. O grupo pede, entre outras coisas, a reativação do Pronto Atendimento Infantil (PAI) junto ao antigo Hospital da Criança, hoje Hospital Universitário Materno Infantil (HUMAI).

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP