Empreendedoras de PG unem criatividade e planejamento e se tornam exemplo de sucesso

Empreendedoras de PG unem criatividade e planejamento e se tornam exemplo de sucesso

Costureiras de Ponta Grossa mostram como planejamento e muito trabalho são fundamentais para superar os desafios impostos pelo coronavírus

Marcos Silva 30.06.2022 18h06

Não é segredo para ninguém que os efeitos da pandemia de Covid-19 foram devastadores para toda a economia mundial. Porém, foram ainda mais para os pequenos negócios brasileiros. Pelo país afora sobram histórias de empresas que encerram suas atividades durante o período do lockdown obrigatório.

Dados oficiais da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do último ano, informam o fechamento de quase 600 mil empresas brasileiras durante o período de pandemia. Junto com elas, milhares de empregos. Pais e mais de famílias que se viram diante de mais um cenário de incerteza.

Porém, justamente nestes momentos de crise é que o brasileiro costuma gerar seus maiores exemplos de empreendedorismo. É isto que nos lembra o consultor de empresas e professor da Fundação Getúlio Vargas, Luciano Salamacha, em entrevista ao Portal Boca no Trombone.

 

“O Brasil tem indicadores acima da média mundial quando se fala de empreendedorismo. É da natureza do brasileiro ser empreendedor. É importante lembrar que ser empreendedor é transformar uma ideia em negócio, em algo concreto. E nesse aspecto o brasileiro é muito criativo e consegue se jogar a risco”, comenta.    

 

Assista a entrevista completa no vídeo:                

 

 

Salamacha fala sobre esse risco justamente para destacar a ação positiva de duas melhores que, diante das incertezas do momento de crise ousaram e criaram uma nova oportunidade de negócios. Ele se referente à dupla forma pelas sócias Josefa Breula Gomes da Silva e Julia Rodrigues Neta da Silva.

Elas possuem uma empresa do ramo de uniformes escolares que, no auge da crise quase faliu, justamente porque as escolas adotaram o modelo de aulas remotas. Os pais não precisavam mais comprar novos uniformes.

 

“Nesse momento, a gente achou que iria fechar. Nós tínhamos duas salas alugadas e sete costureiras. A primeira coisa que fizemos foi reduzir para uma e reduzir a equipe. Mas, depois, a gente teve a ideia de passar a oferecer uniformes profissionais. E fomos de porta em porta. E, no final, passamos a vender ainda mais. E agora nós temos duas unidades de negócio. Já recontratamos todo mundo e estamos com um espaço ainda maior”, relata orgulhosa Josefa.

 

 

Planejamento

“Transformar o limão em uma limonada”. A frase é batida. Porém, serve bastante para exemplificar a importância do planejamento e da tomada de decisão estratégica nas empresas, independentemente do tamanho delas. O consultor do Sebrae em Ponta Grossa, José Henrique Martins reforça que a missão da instituição é justamente oferecer apoio aos empreendedores.

“Não se trata apenas de pequenos, médios grandes empresas. Mas sim de parar para pensar o negócio e fazer as perguntas que, muitas vezes, na correria do dia a dia, não se tem tempo para pensar nelas. Esse momento, é fundamental para ajudar a clarear as ideias e estruturar o negócio”, enfatiza.

Confira a entrevista completa no VÌDEO:

Além de ajudar a planejar os passos da empresa, caminhar ao lado de outros empreendedores e fazer parte das ações de instituições como o Sebrae podem também ajudar trocar experiências com empresários de ramos semelhantes, dividir experiências e até mesmo ajudar a reduzir custos, através de compras conjuntas e outras experiências compartilhadas.

A ideia é trocar para crescer!

 

 

Empreendedoras de PG unem criatividade e planejamento e se tornam exemplo de sucesso

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DE NOTÍCIAS NO WHATSAPP