Destaque Entretenimento

Rally Transparaná atravessará o estado de ponta a ponta com mais de 300 veículos

Divulgação
Serão mais de 2 mil km de trilhas pelo Paraná em 7 dias. Nesta edição, todos os participantes farão o mesmo percurso. Participar é aventura, ganhar é um desafio

O maior rally de regularidade do mundo, que acontecerá entre os dias 11 e 17 de fevereiro, cruzará o estado do Paraná da costa oeste à costa leste.

Saindo de Guaíra, na divisa com o Paraguai, e chegando em Guaratuba, no litoral, o 30° Rally de Regularidade Transparaná reunirá mais de 300 veículos, entre motos e carros. Serão pelo menos 114 cidades no roteiro, tendo como cidades-sede, que receberão largadas e chegadas, Guaíra, Apucarana, Umuarama, Guarapuava, Castro, Curitiba e Guaratuba.

Nesta edição, todos os participantes do Rally 4×4, Trilha 4×4, Adventure e Motos farão o mesmo percurso, respeitando as particularidades de cada categoria. A prova histórica terá muitos trechos inéditos, com mudança de terreno todos os dias.

Considerada bastante técnica pelos competidores, ela contará com percursos longos cruzando canavial com solo de arenito, canavial com terra vermelha, reflorestamento, cortando estradas, fazendas e com muitas pistas inéditas, feitas especialmente para a competição. São 19 etapas divididas em sete dias. As inscrições estão abertas através do site https://www.transparana.com.br/inscricao.php.

Organização e patrocínio

O evento esportivo, que integra os Jogos de Aventura e Natureza (JAN), é uma promoção do Jeep Clube de Curitiba, em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Esportes do Estado do Paraná, da Federação Paranaense de Automobilismo, da Federação Paranaense de Motociclismo, do Rally PR e da Tração e Emoção.

“Para nós é sempre uma honra receber o Rally Transparaná. O evento, que está em sua 30ª edição, movimenta o nosso Estado. O paranaense já espera por esse momento, para acompanhar a prova nas cidades que fazem parte do percurso, para ver seu comércio aquecido, seus hotéis cheios”, fala o Governado do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior.

Para ele, o Transparaná é mais do que uma competição voltada ao público amante do 4×4. “O Rally não é só uma aventura. É também a oportunidade de mostrar a história do Paraná, suas potencialidades turísticas e sua força econômica. Aos organizadores e participantes, nosso agradecimento por estarem em nosso Estado. Sejam todos bem-vindos! Boa sorte e sucesso nesta que é a maior prova de regularidades da América Latina e do mundo!”, completa o Governador.

A competição conta com diversos patrocinadores e apoiadores, entre eles, as prefeituras de Guaíra, Guarapuava, Umuarama, Castro, Apucarana e Guaratuba. Itaipu Binacional, Copel, Sanepar, Dispauto Autopeças, Ekron Off Road, Yokohama – Tire Shop e GS Performance.

Patrocinam também Acassius Centro Gráfico, Metzeler Motorcycle Tyres, De Castro Mitsubishi Motors, Sport Bay Pro Tork, Max Off-Road, Mobil, RL Cópias, Trilha SC Polaris, Cervejaria St. Pauli, Premium Multimarcas, Partner, Leonelo Radiadores, Fábricas das Cópias, Retipar, AGP Caminhões e Teider Armazenagem e Logística são algumas das marcas patrocinadoras desta edição.

“O Transparaná é um dos maiores eventos off road do Brasil. Este ano comemora o trigésimo aniversário e tem uma legião de apaixonados por veículos preparados e originais de fábrica. Nós do Grupo De Castro representamos duas marcas raízes do universo 4×4, Mitsubishi e Suzuki, veículos com vários modelos inscritos e não poderíamos ficar de fora”, comenta Daniel De Castro, fundador do grupo que leva seu sobrenome. “Já participamos de outros eventos regionais e também nacional com as duas marcas e nosso público é muito fiel e tem presença marcante em todos os eventos”, completa.

Fazendo história

O resultado de todos esses anos de história poderá ser visto em breve nas telas. A 30ª edição do Transparaná vai virar documentário. “O objetivo do filme é mostrar um lado do rally regularidade que normalmente não aparece na televisão. Esse esporte ainda tem pouco espaço nas mídias televisivas e quem não participa do evento não tem ideia de como são os bastidores, as histórias por trás de quem organiza o rally e dos competidores que trazem a emoção para o evento. Queremos mostrar que o Transparaná é uma competição que reúne famílias, participantes mulheres, confraternização entre competidores, várias categorias, amizade e paixão pelo esporte”, relata Aline Ben, uma das idealizadoras do projeto.

A jornalista já atuou na cobertura das edições de 2020, 2021 e 2022. “Fiz a cobertura acompanhando a equipe GS Racing e o piloto e navegador tricampeão do Transparaná, Gustavo Schmidt (Guga). Nesse ano, como vamos fazer um trabalho mais abrangente, vou levar comigo mais três colegas. Eles terão a sua primeira experiência no Transparaná” conta.

Sobre registrar essa história, Aline conta que tem sido um processo desafiador e prazeroso. “O mais fantástico de fazer um documentário de uma competição como essa é que não dá para prever tudo que vamos conseguir mostrar, as histórias vão se construir e surgir durante os dias de competição conversando com as pessoas que fazer parte do evento. Estamos nos preparando antes, mas acredito que muita história interessante vai surgir na hora”, completa.

Segundo ela, o trabalho será inédito em competição de rally regularidade no Brasil. “Queremos que os participantes tenham um material para guardar para a vida toda e queremos que as pessoas que não conheçam o rally regularidade tenham vontade de viver essa experiência”, finaliza.

Rally Transparaná. Participar é uma aventura. Ganhar é um desafio.

Divulgação

Leia também: Filme Nosso Lar 2: Os Mensageiros chega aos cinemas de Ponta Grossa


    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone