Destaque Ponta Grossa

Téc. em Enfermagem do SAMU foi desligado após episódio no Terminal Central de PG

O Técnico em Enfermagem foi desligado do SAMU após episódio no Terminal Central onde o SAMU demorou aproximadamente 1h30min. para chegar ao local.

Na última quinta-feira (01), um Técnico em Enfermagem, que atendeu a uma ocorrência no Terminal Central de Ponta Grossa, foi desligado da empresa SMB, responsável pela operacionalização do SAMU nos Campos Gerais. A decisão ocorreu após um episódio em que o SAMU demorou mais de 1h30min. para chegar ao local de um atendimento.

No dia da ocorrência, uma funcionária de uma lanchonete do Terminal Central passou mal, desmaiou e aguardou por mais de 1h30min. no chão até a chegada do SAMU, que foi acionado às 16h03min. e chegou apenas às 17h30min. O Consórcio Intermunicipal SAMU Campos Gerais optou por não comentar sobre a demora do atendimento.

A equipe de reportagem apurou que profissionais da ambulância estavam realizando uma verificação de validade, que normalmente dura cerca de 1 hora ou mais. A ocorrência, programada para as 16h04, foi repassada à equipe apenas às 16h54min., os quais indicaram ao Rádio Operador que a conferencia ainda estava em andamento, onde foi autorizado pelo mesmo a deslocarem após a finalização. Após a conclusão, a equipe se deslocou para o terminal e realizou o atendimento.

Testemunhas sugerem que um dos fatores para o desligamento do Técnico em Enfermagem, além da demora para deslocar para o atendimento, foi também o fato de ele estar com o macacão amarrado na cintura, o que estaria em desacordo com as normas estabelecidas pela empresa.

Ao ser questionado sobre a demissão do profissional, o Consórcio Intermunicipal SAMU Campos Gerais informou: “A empresa SMB, responsável pela operacionalização do SAMU, informou que o técnico de enfermagem estava em período de experiência, o qual finalizou na segunda-feira (05/02/24).”

Testemunhas também disseram: “Ele fez o que foi mandado fazer, realizou um ótimo atendimento. A culpa da demora não é dele. E o que um macacão amarrado na cintura vai mudar na qualidade do atendimento?!, finalizou.

A vítima foi encaminhada para o hospital após o atendimento e logo recebeu alta. O Técnico em Enfermagem não faz mais parte da empresa.

Relembre o caso:
Mulher aguarda 1h30 para ser socorrida pelo SAMU após passar mal no Terminal Central de PG


    Igor Rugilo

    Igor Rugilo

    Desde 2013, Igor tem trilhado uma carreira diversificada no mundo da comunicação. Começando como sonoplasta em uma rádio em Ponta Grossa, rapidamente evoluiu para se tornar um dos produtores de um programa. Em seguida, assumiu o desafio de Repórter Policial em um programa de TV a cabo.

    Em 2016, Igor embarcou em uma missão de serviço voluntário no Paraguai, dedicando dois anos à A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Após seu retorno, expandiu seus horizontes profissionais, atuando como redator em uma rede de televisão aberta em 2018.

    Em 2020, Igor voltou às suas raízes no rádio e à cobertura policial, desta vez através de um site de notícias. Atualmente, é parte integrante da equipe do Portal Boca no Trombone. Além do seu domínio do português, Igor é fluentemente em espanhol.

    Igor detém o registro de Jornalista sob o número 0012423/PR, solidificando sua dedicação à ética e integridade profissional no campo da comunicação.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone