Ponta Grossa

Banda de percussão juvenil do Grupo Reviver é premiada em concurso interestadual

Design sem nome (19)
Divulgação
A Banda de Percussão Sinfônica Juvenil alcançou o 1º lugar em sua categoria; o Pelotão de Bandeiras Juvenil Reviver ficou em 2º lugar

No último sábado, 6 de julho, o município de Sengés foi palco da primeira edição do Concurso Interestadual de Bandas e Fanfarras, organizado pela Federação Paranaense de Bandas e Fanfarras. Este evento, que se consolidou como o maior do gênero no estado do Paraná, atraiu cerca de 1.400 músicos de várias partes do Brasil, incluindo Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Trinta e duas corporações municipais de instituições e escolas públicas competiram intensamente, sendo avaliadas por jurados especializados em critérios como aspecto musical, desfile em marcha, balizas e corpo coreográfico. A banda de percussão do Grupo Reviver de Ponta Grossa, instituição de Convivência e fortalecimento de vínculos que atende crianças de 6 a 17 anos, participou pela primeira vez de um concurso e conquistou várias premiações significativas.

A Banda de Percussão Sinfônica Juvenil do Grupo Reviver, sob comando do Maestro Willian de Oliveira Souza, alcançou o 1º lugar em sua categoria, o Mor de Comando Juvenil Juan Gabriel Ferreira e o Balizador Juvenil Cauã Stadler também conquistaram o 1º lugar em suas respectivas categorias. Além dessas conquistas, o Pelotão de Bandeiras Juvenil Reviver ficou em 2º lugar, destacando ainda mais o desempenho excepcional da equipe.

Cleucimara Santiago, presidente do Grupo Reviver, enfatizou a importância do projeto da banda de percussão como um pilar fundamental para o desenvolvimento social e cultural dos jovens da instituição. “Nossa banda de percussão é um projeto que vai além da música, ensinando disciplina, auxiliando na memorização, promovendo a socialização e facilitando o aprendizado. A música tem contribuído significativamente para que nossos adolescentes expressem suas emoções, experiências e valores”, destacou Cleucimara.

Ela também expressou seu orgulho pelo reconhecimento conquistado pela dedicação dos jovens músicos e instrutores do Grupo Reviver. O apoio inicial da comunidade, incluindo o Fundo Social do Sicredi, foi crucial para aquisição dos primeiros instrumentos musicais, enquanto recursos adicionais foram obtidos através de rifas e bazares e agora a instituição teve projeto de um ano aprovado pelo Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA), através de recursos do FIA (Fundo da Infância e Adolescência.

A assistente social Camila Swiech também manifestou a sua emoção com a premiação: “Há tempos a instituição sonha em montar uma banda, o que só foi possível recentemente e ver o progresso de nossos adolescentes em tão pouco tempo, com essa premiação nos enche de orgulho e emoção”.

O sucesso da banda de percussão do Grupo Reviver no Concurso Interestadual de Bandas e Fanfarras não apenas celebra suas conquistas musicais, mas também destaca o impacto positivo que projetos culturais e sociais podem ter na vida dos jovens, fortalecendo o tecido social e cultural da comunidade local.

Além do Grupo Reviver, de Ponta Grossa, participou também o Instituto de Educação Professor César Prieto Martinez, na categoria Sênior e obteve o 1º Lugar Instrumentos melódicos Sênior, 3º lugar Corpo Coreográfico e 3º Lugar Baliza.

Leia mais: Festival será palco para show inédito de cantores ponta-grossenses


Das assessorias

Das assessorias

Textos produzidos pelas assessorias de imprensa. Sejam dos órgãos públicos, de empresas da iniciativa privada ou de organizações do terceiro setor.

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone