Destaque Paraná

Confira de onde é o novo milionário do Nota Paraná; sorteio também premia cidades menores

Nota Paraná é dinheiro de volta para o consumidor
Dez participantes foram contemplados com R$ 10 mil cada e outras 15 mil pessoas receberam o valor de R$ 50

Um morador de Maringá foi contemplado com o prêmio máximo de R$ 1 milhão no primeiro sorteio de 2024 do Nota Paraná, programa vinculado à Secretaria da Fazenda. Essa é a terceira vez que a cidade do Noroeste do Estado recebe o maior valor do programa. O consumidor, residente no bairro Zona 07, participou da disputa com 27 bilhetes gerados a partir de 36 notas fiscais. O bilhete vencedor foi identificado com o número 17604359.

O prêmio de R$ 100 mil foi concedido a um contribuinte do bairro Letreiros, em Piên, localizado na Região Metropolitana de Curitiba, com o bilhete de número 2690641. Ao participar com 99 bilhetes eletrônicos gerados a partir de duas notas fiscais, o ganhador assegurou a segunda maior premiação do sorteio. Já o valor de R$ 50 mil foi para a cidade de Campina da Lagoa, no Centro-Oeste. Neste caso, a consumidora concorreu com 119 bilhetes gerados a partir de 6 notas fiscais. O bilhete de número 7718134 foi premiado.

Leia mais: Acompanhe ao vivo sorteio de R$1 milhão do Nota Paraná

Além dos prêmios maiores, dez participantes foram contemplados com R$ 10 mil cada e outras 15 mil pessoas receberam o valor de R$ 50.

O programa também devolve aos contribuintes cadastrados parte do ICMS pago nas compras no comércio varejista do Estado. Para verificar se possui bilhetes premiados, o consumidor deve acessar seu cadastro no aplicativo (versões Android e iOS) ou no site do Nota Paraná e inserir CPF e senha. Não são encaminhadas mensagens por WhatsApp nem por outros aplicativos.


    AEN

    AEN

    Agência Estadual de Notícias do Estado do Paraná.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone