Ponta Grossa

Desempenho de PG no comércio fica acima da média estadual

Arquivo/BnT
Pesquisa da FACIAP levou em consideração as vendas para o Dia das Mães; ainda segundo a pesquisa, os comerciantes estão otimistas com os próximos meses

O comércio de Ponta Grossa registrou um desempenho melhor que a média estadual nas vendas nos Dias das Mães. É o que apontam dados de pesquisa realizada pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (FACIAP). 

O levantamento realizado pelo Instituto Datacenso, encomendado pela FACIAP, mostra que Ponta Grossa registrou um desempenho melhor que a média estadual, tendo uma redução de 6%, enquanto que em todo o Estado o desempenho foi de 6,5% abaixo do que no ano passado. 

Foram ouvidos 602 comerciantes nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Maringá, Cascavel e Francisco Beltrão entre os dias 13 e 15 de maio.  

Para Heraldo da Luz, Diretor de Comércio da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), o desempenho de Ponta Grossa acima de outros centros do Estado pode ser explicado pelo fortalecimento do associativismo e da união entre os comerciantes. “O desempenho das vendas em Ponta Grossa, acima da média estadual, deve-se a fatores como uma procura maior pelo associativismo, o que fortalece o comércio. O comerciante unido tem maiores condições de compras, informações para entender o mercado, acesso a campanhas conjuntas e ao marketing”, explica. 

O Diretor da ACIPG ainda aponta que outros fatores explicam o desempenho das vendas nos Dia das Mães, entre eles as alterações no clima. “Eu ressalto que os dados trazidos pela FACIAP indicam uma queda tem relação com diversos fatores, como necessidade de campanhas mais intensas, melhorias de estratégias, adaptações ao comércio online, mas eu ressalto que se trata de uma data muito ligada ao setor de vestuário e calçados, e o clima acabou sendo preponderante. Tivemos dias de calor, algo atípico para a época, o que acaba gerando pouca procura”, analisa. 

A presidente da ACIPG, Giorgia Bin Bochenek, destaca o potencial econômico de Ponta Grossa e o papel fundamental que o associativismo tem no desenvolvimento do comércio local.  “Um comércio mais unido, é um comércio mais forte. Nossa cidade tem um potencial enorme e vive um momento pujante, de economia em expansão, temos que saber analisar e aproveitar este momento, por isso é fundamental que a ACIPG atue para que o comerciante melhore suas performances e seja cada vez mais forte” afirma. 

Otimismo 

A pesquisa da FACIAP aponta que os comerciantes de Ponta Grossa estão otimistas com os próximos meses. 65% dos lojistas ouvidos afirmam que estão animados para os próximos meses em relação aos seus negócios, o que, segundo Heraldo da Luz, deve-se ao momento econômico do município.   

“Os dados da pesquisa apontam que os comerciantes estão animados, confiantes com o futuro. Isso se deve a fatores como o momento que Ponta Grossa vive, de crescimento, em diferentes áreas. O futuro será muito melhor, basta nos unirmos”, finaliza o Diretor da ACIPG.

Leia mais: Combustível da economia, comércio local ajuda a desenvolver os bairros de PG


Avatar

Das assessorias

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone