Destaque Ponta Grossa

Ex-assessor de Bolsonaro, Filipe Martins, foi preso na casa da namorada em PG

Foto: Divulgação
Prisão aconteceu durante a Operação Tempus Veritatis da Polícia Federal

Durante a Operação Tempus Veritatis da Polícia Federal nesta quinta-feira (8), que investiga organização criminosa que atuou na tentativa de “golpe de Estado”, para manter Bolsonaro no poder, após a derrota nas eleições de 2022, um dos presos foi o ex-assessor de assuntos internacionais, Filipe Martins.

Filipe foi preso no apartamento de sua namorada em Ponta Grossa. Integrantes da PF devem levar o ex-assessor até Curitiba e depois para Brasília. A operação é fruto da delação de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, e sequência de outras investigações.

Ao todo, a PF cumpre 33 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares diversas da prisão. Por outro lado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, mandou o ex-presidente entregar o passaporte em 24 horas.

Veja mais sobre a operação da PF: Operação Tempus Veritatis


    Matheus de Lara

    Matheus de Lara

    Jornalista formado pelo Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) de Ponta Grossa.

    Graduado em dezembro de 2019, já trabalhou por dois anos em jornal impresso em conjunto com um portal de notícias. Atualmente exerce o cargo de jornalista no Portal Boca no Trombone, desde 13 de março de 2023.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone