Destaque Ponta Grossa

Nova capela mortuária é inaugurada no conjunto residencial Rio Pitangui em PG

Reprodução: Marcos Bastos
A capela mortuária recebeu o nome de Odair Donizete Batista, em homenagem a um maquinista ferroviário que lutou significativamente pela comunidade

Na manhã desta segunda-feira (05), o conjunto residencial Rio Pitangui em Ponta Grossa celebrou a inauguração de uma capela mortuária, após um investimento de R$302 mil. O novo espaço, localizado na praça do lago do núcleo Pitangui, será destinado à comunidade para a realização de velórios, descentralizando esse serviço que anteriormente só estava disponível no centro da cidade.

A cerimônia de inauguração contou com a presença de diversas autoridades, incluindo a prefeita Elizabeth Schmidt, que comemorou a entrega da obra tão aguardada pela comunidade. “O projeto ficou muito bonito e veio de encontro com aquilo que eles precisavam. Estamos contentes em proporcionar um espaço digno e adequado para que as famílias possam se despedir de seus entes queridos”, disse a prefeita.

O vereador Filipe Chociai explicou que a concretização dessa obra foi possível graças à união de esforços e recursos. “As emendas parlamentares dos vereadores fazem parte do orçamento geral do Município, e o executivo se responsabiliza pelos investimentos necessários”, esclareceu.

A capela mortuária recebeu o nome de Odair Donizete Batista, em homenagem a um maquinista ferroviário que lutou significativamente pela comunidade. Patrícia Batista, filha do homenageado, emocionada, contou suas lembranças do pai. “Para mim, meu pai era um ídolo, primeiro pelo seu caráter que sempre cuidou muito bem de nós, seus filhos e esposa. Ele era maquinista ferroviário e sempre lutou muito pela comunidade, mas sempre pelos bastidores, sem aparecer”, disse Patrícia.

O presidente da Associação dos Moradores, Fabio Silva, ressaltou a importância do novo espaço para a comunidade. “Acho importante porque está descentralizando algo que só havia no centro da cidade e hoje temos na nossa comunidade”, afirmou.

Confira abaixo a reportagem completa:

Leia também: Prefeitura afasta guarda municipal que teria agredido adolescente com autismo em UPA de PG


    Lucas Portela

    Lucas Portela

    Lucas é jornalista formado em Bacharel pelo Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) de Ponta Grossa.

    Graduado desde 2021, possui experiência com redação em portais de notícia, trabalhou nos bastidores de uma emissora de TV local, se aventurou como produtor audiovisual em uma agência de publicidade, já estagiou como assessor de imprensa na Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa e atualmente exerce o cargo de jornalista redator no portal Boca no Trombone.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone