Destaque Política

Novos conselheiros tutelares eleitos assumem posse na Câmara de PG

Devida a grande quantidade de atendimentos em 2024, a estrutura do Conselho Tutelar será ampliada com mais uma unidade que já está em andamento

A Prefeitura de Ponta Grossa e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente realizaram nesta quarta-feira (10), na Câmara Municipal, a cerimônia de posse dos novos membros dos Conselhos Tutelares para o quadriênio 2024/2027. Em Ponta Grossa, 32 Conselheiros foram eleitos, sendo 15 titulares e 17 suplentes.

A prefeita Elizabeth Schmidt deu as boas-vindas aos conselheiros tutelares empossados, destacando que a partir desta data eles terão uma grande responsabilidade nas mãos, sendo guardiões dos direitos das crianças e adolescentes da cidade de Ponta Grossa.

“Preservar as crianças e adolescentes da violência – de qualquer tipo – e de todos os riscos sociais, é uma obrigação de toda pessoa. Tanto quanto a de garantir acesso à Educação, ao lazer, à alimentação adequada e às oportunidades de evolução. Vivemos numa cidade maior, melhor e cada vez mais humana. Queremos viver numa cidade também mais justa e cada vez mais segura. Para todos”, disse.

Leia também: Lei proíbe uso de agrotóxicos próximo a escolas, UBS e núcleos residenciais em PG

Dados recentes de Ponta Grossa contabilizam, em 2023, mais de 40 mil atendimentos pelas três unidades de Conselhos Tutelares, sendo casos de violência contra crianças e adolescentes, bem como outras situações de direitos violados.

A secretária municipal da Família e do Desenvolvimento Social, Tatyana Denise Belo, comenta que, atualmente, o Conselho Tutelar de Ponta Grossa é dividido em três polos regionais que funcionam nas áreas leste, oeste e norte, com a atuação de cinco conselheiros por unidade, mas que – para este ano – o atendimento será ampliado.

“Foi aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente a implantação do 4º Conselho Tutelar, o Conselho Tutelar Sul, que já está em fase de estudo para sua execução ainda no primeiro trimestre de 2024”, adianta Tatyana.

A presidente do CMDCA, Mônica Mongruel, destaca que Ponta Grossa vivencia um momento muito importante, com a posse dos Conselheiros Tutelares, alicerçado pela união e parceria do grupo de profissionais empossados. Segundo ela, este relacionamento fortalecido só tem a engrandecer a política de atenção à criança e ao adolescente.

“Temos hoje uma equipe melhor preparada, pois o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente ampliou a fase de formação, passando de 40 para 180 horas de curso. Temos um grupo de conselheiros tutelares unidos e capacitados para promover a garantia de prioridade absoluta a todas as crianças e adolescentes de Ponta Grossa”, finaliza Mônica.


BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone