Brasil

Número de mortos em enchentes no Rio Grande do Sul sobe para 56

Cidade de Encantado, no Rio Grande do Sul | Imagem: Reuters/Diego Vara
Em São Leopoldo, um dique de contenção de água - localizado no Rio dos Sinos - se rompeu, deixando diversos moradores em situação de risco

O Rio Grande do Sul já registra 56 mortes devido às fortes chuvas que atingem o estado desde o início da semana. O número foi atualizado no início deste sábado (04).

De acordo com boletim da Defesa Civil, mais de 280 municípios foram afetados deixando 8.296 pessoas em abrigos e 24.666 cidadãos desalojados. O número de desaparecidos chega a 67. Há ainda 74 feridos.

A situação segue crítica nos municípios do interior do Estado. Em São Leopoldo, um dique de contenção de água – localizado no Rio dos Sinos – se rompeu, deixando diversos moradores em situação de risco.

Há diversos relatos de soterrados e pessoas ilhadas precisando de resgate em diversas cidades da região do Vale do Taquari. Em Porto Alegre, o Rio Guaíba chegou a 4,96m, sendo a maior cheia da história.  

Doação

O governo do Rio Grande do Sul reativou a chave Pix para doações em dinheiro para ajudar as vítimas de enchentes no estado. A conta bancária nomeada como SOS Rio Grande do Sul, aberta no Banrisul, receberá os valores pelo Pix do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) número 92.958.800/0001-38.

A chave é a mesma usada no auxílio às vítimas dos temporais ocorridos no ano passado. As contribuições em dinheiro podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas.

O Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa também está recebendo doações de donativos (água potável, alimentos e produtos de higiene) para encaminhar às vítimas do desastre. A doação pode ser feita na sede da Corporação, na Praça Roosevelt, 43.

Com informações da Agência Brasil

Leia também: Mulher pede socorro após ser agredida pelo convivente em bairro de PG


Carlos Solek

Carlos Solek

Castrense, formado em jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (2020-2023). Atua no portal BNT desde setembro de 2022.

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone