Coluna

Por que abril Verde?, por Rafael Mansani e José Leal

Nesse dia, são celebrados eventos no mundo todo para a conscientização dos trabalhadores e empregadores quantos aos riscos de acidentes no trabalho

No dia 28 de abril de 1969, uma explosão numa mina no estado norte-americano da Virginia matou 78 mineiros. Em 2003, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) instituiu a data como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.

Nesse dia, são celebrados eventos no mundo todo para a conscientização dos trabalhadores e empregadores quantos aos riscos de acidentes no trabalho. O que era um dia de luto pela morte, transformou-se em um dia de luta pela vida – uma data pela defesa do trabalho decente, mais seguro e saudável. A data foi instituída no Brasil pela Lei nº 11.121/05.

Neste mês, em especial considerado o “abril Verde” que é a cor da Segurança do Trabalho, destacamos a importância de se subsidiar o desenvolvimento, monitoramento e avaliação de projetos, programas e políticas públicas de prevenção de acidentes e doenças no trabalho, bem como informar o combate a irregularidades no meio ambiente do trabalho.

Nesse sentido, as empresas devem continuar seguindo o aprender a aprender, que representa a aprendizagem essencial “que permanece”, independente do conteúdo. O processo de procurar, obter informações e recursos para resolver problemas, em diversas fontes, com outras pessoas e aproveitando a própria experiência constitui a mola mestra de mudanças comportamentais de todos os níveis dos trabalhadores na organização.

Conscientização é a percepção da significação da tarefa, ou seja, conhecer o grau em que a tarefa gera um impacto substancial sobre as vidas ou trabalhos de outras, na organização ou no ambiente externo. Uma equipe tem que saber a razão de sua existência, para que faz o que faz, não apenas o que tem que fazer.

Rafael Gustavo Mansani

Engenheiro Civil, pós graduado em Gestão Pública, Mestrando em Eng. De Produção e Segurança do trabalho.

José Aparecido Leal

Engenheiro civil; Engenheiro de Segurança do Trabalho; Pós-Graduado em: Eng. Sanitária e Ambiental; MBA de Gestão de Eng. de Segurança do Trabalho; Ergonomia; Administração Aplicada à Segurança do Trabalho.

Leia também: Abril Verde: prevenção, segurança e saúde no trabalho, por Rafael Mansani e José Leal


Rafael Gustavo Mansani

Rafael Gustavo Mansani

Engenheiro Civil e de Segurança do trabalho, pós graduado em Gestão Pública, Mestrando em Eng. De Produção. Diretor Executivo do IPLAN-PMPG

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone