Policial

Suspeito de sequestrar médico veterinário em Ponta Grossa é preso pela Polícia Civil

Foto: Reprodução/PCPR
O suspeito possui extenso histórico criminal que conta com diversos crimes violentos, entre eles a tentativa de latrocínio que deixou paraplégico o vereador Felipe Passos em janeiro de 2013

Foi preso por volta das 6 horas desta terça-feira (23) pela Polícia Civil de Ponta Grossa, na região do Ouro Verde, o suspeito de sequestrar um médico veterinário e de exigir transferências em PIX para a esposa.

Conforme informações divulgadas pela Polícia Civil, no início da noite de 7 de março de 2024, um médico veterinário foi atraído até uma residência no bairro Ouro Verde com o pretexto de que realizaria atendimento a um animal doente. No entanto, ao chegar no local, foi rendido por dois criminosos que armados com armas de fogo, passaram a exigir a transferência de valores via PIX. Em seguida, eles ligaram para a esposa do médico e exigiram a quantia de R$ 20 mil como condição para o resgate. “Em razão de não conseguirem o dinheiro pretendido, os criminosos levaram a vítima até as proximidades da chácara Sozim, afirmando que a executariam. O médico foi liberado e conseguiu pedir ajuda a moradores locais”.

Uma equipe do Setor Operacional da 13ª SDP foi designada para o caso e após complexa investigação que contou com a participação do Grupo Tigre, conseguiu identificar o principal suspeito de ter arquitetado o crime. O suspeito teve nova prisão preventiva decretada e já era procurado pela justiça em razão de fugir do sistema prisional. O homem de 35 anos foi preso na manhã hoje (23), em um condomínio popular no Ouro verde. A ação contou com a participação de policiais civis da 13º SDP, do Grupo Tigre e ainda guardas municipais dos GOC e GETAM da GCM.

O suspeito possui extenso histórico criminal que conta com diversos crimes violentos, entre eles a tentativa de latrocínio que deixou paraplégico o vereador Felipe Passos em janeiro de 2013.

A polícia segue a procura dos outros suspeitos de terem participado do crime. Os envolvidos responderam pelos crimes de extorsão e extorsão mediante sequestro cujas penas quando somadas podem ultrapassas 30 anos de reclusão.

Leia também: Castro recebe R$ 11,7 milhões para obras e pavimentação da Avenida do Leite


Boca no Trombone

Boca no Trombone

O Portal BnT foi criado em 2021 e trata sobre diversos temas que afetam você e toda a comunidade de Ponta Grossa e região

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone