Destaque Política

Carlos Bolsonaro vira alvo de buscas pela PF por monitoramento ilegal

Foto: Alan Santos / PR
A PF busca identificar os principais destinatários e beneficiários das informações produzidas ilegalmente pela Abin por meio de ações clandestinas

Nesta segunda-feira (29), a Polícia Federal (PF) realizou buscas na residência do ex-presidente Jair Bolsonaro, localizada em Angra dos Reis, litoral fluminense. A ação está relacionada à investigação sobre o monitoramento ilegal de autoridades executado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin) durante a gestão do ex-diretor-geral Alexandre Ramagem, que esteve à frente do órgão no governo Bolsonaro.

O vereador carioca Carlos Bolsonaro, filho do ex-mandatário, é alvo das buscas realizadas pela PF. Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão tanto no gabinete de Carlos Bolsonaro na Câmara Municipal quanto em sua residência na Barra da Tijuca. Diversos itens foram apreendidos, incluindo um laptop, um pendrive, cartões de memória e mídia.

Leia também: Neto Fadel coloca o nome a disposição na disputa da Prefeitura de Castro

A Câmara Municipal do Rio divulgou nota informando que os policiais federais estiveram no gabinete de Carlos Bolsonaro entre às 07h e 09h desta segunda-feira, com a equipe de segurança da Casa e um assessor do parlamentar acompanhando as buscas.

Nessa nova fase da investigação, a PF busca identificar os principais destinatários e beneficiários das informações produzidas ilegalmente pela Abin por meio de ações clandestinas. A operação abrangeu nove mandados de busca e apreensão em diversas localidades, como Angra dos Reis (1), Rio de Janeiro (5), Brasília (1), Formosa (1) e Salvador (1).

Os investigados podem enfrentar acusações de crimes como invasão de dispositivo informático alheio, organização criminosa e interceptação de comunicações telefônicas, informáticas ou telemáticas sem autorização judicial, ou com objetivos não autorizados por lei, de acordo com a PF.

Na noite de domingo (28), Jair Bolsonaro participou de uma transmissão ao vivo ao lado dos filhos Carlos, Eduardo e Flávio, onde defendeu o ex-diretor-geral Alexandre Ramagem, chamando-o de “um cara fantástico” e tratou a questão da “Abin paralela” como uma “narrativa”. A defesa de Carlos Bolsonaro, representada por Antonio Carlos Fonseca, declarou que só irá se manifestar quando tiver acesso ao processo.

Com informações de CNN Brasil

Foto: Alan Santos / PR

    Lucas Portela

    Lucas Portela

    Lucas é jornalista formado em Bacharel pelo Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) de Ponta Grossa.

    Graduado desde 2021, possui experiência com redação em portais de notícia, trabalhou nos bastidores de uma emissora de TV local, se aventurou como produtor audiovisual em uma agência de publicidade, já estagiou como assessor de imprensa na Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa e atualmente exerce o cargo de jornalista redator no portal Boca no Trombone.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone