Destaque Economia

Custo médio da cesta básica consome até 65,95% da renda de ponta-grossenses

O grupo que mais contribuiu para o aumento no preço da cesta foi o Hortifrutigranjeiro, com um acréscimo de 11,00% em seus valores

De acordo com o índice da cesta básica, feito pelo Departamento de Economia da UEPG, o custo médio da Cesta Básica, considerando compras online, na cidade de Ponta Grossa, registrou um aumento de 4,64% no mês de dezembro. Na primeira semana de janeiro de 2024, a aquisição dos 33 produtos que compõem a cesta totalizou R$ 870,50. Dentre esses produtos, 12 tiveram redução de preço, 20 apresentaram aumento e 1 manteve-se estável. A batata foi o item que mais subiu, com um aumento significativo de 69,18%, enquanto a cebola teve a maior queda, com 17,56%.

O grupo que mais contribuiu para o aumento no preço da cesta foi o Hortifrutigranjeiro, com um acréscimo de 11,00% em seus valores. A pesquisa, que reflete o consumo básico de famílias com cerca de três membros, renda entre 1 a 5 salários mínimos e residência em Ponta Grossa, não deve ser confundida com um indicador de inflação. O Índice Cesta Básica (ICB) é exclusivo para representar as compras realizadas pelo sistema de delivery dos supermercados locais.

Leia também: Funcionários do Banco Central anunciam greve nesta quinta-feira (11)

Analisando os percentuais da cesta básica em relação aos salários com limite de até cinco salários mínimos, com base no índice de dezembro de 2023, verifica-se que a cesta, no valor de R$ 870,50, representaria aproximadamente 65,95% do salário mínimo. Para famílias com renda de dois, três, quatro e cinco salários mínimos, os percentuais de gasto com a cesta básica seriam, respectivamente, 32,97%, 21,98%, 16,49% e 13,19%.

Batata lidera aumento, enquanto cebola registra maior queda

O índice do mês de dezembro de 2023, comparando a primeira semana de dezembro com a primeira semana de janeiro, apresentou uma variação mensal de 4,64%. As variações nos grupos mostram que o Grupo Alimentação Geral teve um aumento de 3,63%, com o feijão sendo o produto com maior variação positiva (17,94%) e o sal com a maior variação negativa (-11,55%). O Grupo Hortifrutigranjeiro registrou um aumento de 11,00%, sendo a batata o produto com maior variação positiva (69,18%) e a cebola com a maior variação negativa (-17,56%).

No Grupo Carne, o aumento foi de 9,13%, com a carne bovina liderando as variações positivas (10,99%) e o frango apresentando a menor variação positiva (5,42%). O Grupo Higiene teve um aumento de 1,62%, com o desodorante sendo o produto de maior variação positiva (5,41%) e o sabonete com a maior variação negativa (-0,60%). O Grupo Limpeza registrou um aumento de 1,14%, com o amaciante apresentando a maior variação positiva (5,62%) e a água sanitária com a maior variação negativa (-3,81%).

Analisando as variações, destaca-se que o Grupo Hortifrutigranjeiro teve o maior aumento (11,00%), a batata foi o produto de maior elevação (69,18%), o Grupo Limpeza teve o menor aumento (1,14%), e a cebola foi o produto com a maior queda (-17,56%). A equipe de pesquisadores do Departamento de Economia – UEPG apresenta o índice da Cesta Básica de Ponta Grossa, que considera os preços das compras realizadas por meio do serviço de delivery dos supermercados, caracterizando as compras online no período dos levantamentos, com base na Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) de 2016.


    Lucas Portela

    Lucas Portela

    Lucas é jornalista formado em Bacharel pelo Centro Universitário Santa Amélia (UniSecal) de Ponta Grossa.

    Graduado desde 2021, possui experiência com redação em portais de notícia, trabalhou nos bastidores de uma emissora de TV local, se aventurou como produtor audiovisual em uma agência de publicidade, já estagiou como assessor de imprensa na Secretaria Municipal de Educação de Ponta Grossa e atualmente exerce o cargo de jornalista redator no portal Boca no Trombone.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone