#VCcomaBNT Destaque

Funcionários são agredidos e ameaçados de morte em invasão no CRAR de Ponta Grossa

Imagens enviadas as BNT
Aproximadamente, dez homens, alguns armados, invadiram o Centro de Referência para Animais em Risco, diz a denúncia

O Portal Boca no Trombone recebeu, na manhã desta quinta-feira (25), uma denúncia anônima sobre um caso de invasão e ameaça aos trabalhadores do Centro de Referência para Animais em Risco (CRAR) de Ponta Grossa. O crime ocorreu nesta terça-feira (23), trabalhadores foram agredidos fisicamente e ameaçados de morte, a situação foi informada a polícia.

De acordo com a denúncia, “o fato ocorreu quando aproximadamente dez homens, alguns armados, invadiram o CRAR para efetuar o roubo de equinos [cavalos], munícipes eram atendidos no local quando o departamento foi invadido”.

Tanto os munícipes, quanto os trabalhadores sofreram ameaças de morte durante a ação. Na invasão, cercas foram rompidas e os funcionários agredidos com pauladas e objetos de metal, diz o relato.

A denúncia aponta que o CRAR tem registrado com grande frequência invasões e roubo de cavalos e insumos, contudo é a primeira vez que funcionários são agredidos. Dois trabalhadores acabaram feridos. “Outras vezes já invadiram e roubaram cavalos, estávamos trabalhando, mas não chegamos a ser agredidos. Agora não tivemos a mesma sorte”, conta o trabalhador.

Sobre os furtos, o relato diz que mesmo com diversos registros de invasões e roubos, nenhuma atitude tem sido tomada, chegando a tal extremo. “Trabalhamos com medo, todos os meses sofremos com invasões e roubos“, conta outro funcionário.

O secretário do Meio Ambiente de Ponta Grossa, Sandro Rafael Bandeira, confirmou a denúncia e disse ao Portal BnT que “o governo está sabendo, a Guarda Municipal foi acionada e tem acompanhado o caso”. Sobre os funcionários agredidos foi informado que estão bem e foi registrado o boletim de ocorrência.

O denunciante relata, ainda, que dois trabalhadores registraram B.O na 13° SDP e “foi acionada a Guarda Municipal algumas vezes, porém chegaram muito tarde”.

Entramos em contato com a Prefeitura de Ponta Grossa para saber mais informações sobre o caso e seguimos aguardando a resposta.


    Kauana Neitzel

    Kauana Neitzel

    Kauana Neitzel é jornalista formada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

    Atua na área desde 2020. Possui experiência com redação em portais de notícia; trabalhou em rádio; participou de projetos do Governo do Paraná na área da fotografia e redação; estagiou na UTFPR, no departamento DIREC; trabalhou como chefe de redação em jornal impresso e site na região Centro-Sul do Paraná; atualmente, exerce o cargo de editora chefe no portal Boca no Trombone.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone