Cidades

Indíce de analfabetismo em Ponta Grossa cai para 2,3%. Número está entre os melhores do PR

Índice de alfabetizados em Ponta Grossa subiu de 96,3 para 97,7%, aumento de 1,4 ponto porcentual em relação ao Censo anterior

Segundo os dados do Censo 2022 sobre a alfabetização de jovens e adultos, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice de alfabetizados em Ponta Grossa subiu de 96,3 para 97,7%, aumento de 1,4 ponto porcentual em relação ao Censo anterior.

O município tem a quinta melhor taxa de pessoas alfabetizadas do interior do Paraná, conforme os números analisados.

A prefeita Elizabeth comemora a posição do município, porém, salienta que mais pessoas podem e devem ser alcançadas pela alfabetização. “Os dados do Censo demonstram que nossa cidade tem um dos melhores índices do Brasil, mas podemos crescer mais. Temos um grupo populacional que ainda não foi contemplado com o direito que todos têm de ler e escrever, e estamos fazendo muitos esforços para chegar a todos, por meio do nosso programa de Educação de Jovens e Adultos”, afirma a prefeita.

A secretária de Educação, professora Simone Pereira Neves, destaca que o município recebeu o selo Compromisso com a Educação e que fez adesão ao Pacto pela Alfabetização na Idade Certa, que direciona esforços para que todas as crianças estejam alfabetizadas aos sete anos de idade, dentro do Programa Escola Alfabetizada.

“Os dados são extremamente relevantes para que possamos direcionar nosso trabalho a fim de atender toda a população de jovens e adultos que não teve as condições de estudar no tempo ideal, por diversas razões. A Secretaria mantém unidades abertas para a EJA e seguirá convocando a população para que nos procure e usufrua deste direito”, conta a secretária Simone.

A cidade fica atrás apenas de Curitiba e outras quatro cidades do interior. De acordo com os dados do IBGE, a capital possui o melhor índice, com 1,5% de analfabetismo. Depois estão as cidades de Quatro Pontes (1,6%), Maringá (2%), Pinhais (2,2%), Rio Negro (2,2%) e Ponta Grossa (2,3%).

No Paraná, o grupo de pessoas acima de 15 anos que não sabe ler e escrever representa 4,3% da população. O índice nacional é de 7% – queda de 2,6 pontos porcentuais frente ao Censo anterior, de 2010.

Educação de Jovens e Adultos

Em Ponta Grossa, a Rede Municipal de Ensino mantém abertas o ano todo as matrículas para o período dos anos iniciais do Ensino Fundamental – equivalente do 1º ao 5º ano –, mesmo período atendido pela Prefeitura para as crianças de até 10 anos, fase em que os adultos que não puderam estudar no tempo certo podem ser alfabetizados.

Os interessados podem procurar qualquer escola municipal para informar-se sobre os locais onde as aulas estão disponíveis, ou ainda seguir até a Secretaria Municipal de Educação. A SME fica localizada à Rua Valério Ronchi, 55, Uvaranas – em frente ao Campus da UEPG.

A etapa seguinte, a partir do 6º ano do Ensino Fundamental, é oferecida pelo Governo do Estado, assim como ocorre para os estudantes em idade regular.

Leia também: Câmeras flagram momento em que homem é alvejado a tiros em bairro de PG


BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone