Ponta Grossa

Itaipu assina acordo e irá financiar projetos de extensão da UEPG

Imagem: André Ridão/Agência UEL
O Programa de Extensão para Sustentabilidade Territorial no Paraná prevê o financiamento de 200 projetos de extensão universitária

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), dentre outrass universidades do Paraná assinaram na manhã de sexta-feira (03) termos de adesão ao Convênio de Extensão Universitária com a Itaipu Binacional.

O projeto, voltado à sustentabilidade territorial, foi firmado com 17 universidades públicas, que participarão de edital para selecionar projetos que somam R$ 24 milhões e devem beneficiar 434 municípios. A solenidade em que foram assinados termos de cooperação e lançado o edital de chamamento aconteceu na Universidade Estadual de Londrina.

O Programa de Extensão para Sustentabilidade Territorial no Paraná prevê o financiamento de 200 projetos de extensão universitária, com o pagamento de cerca de mil bolsas para estudantes e professores das universidades e institutos envolvidos no programa, mobilizando pesquisadores e extensionistas. A iniciativa é uma parceria entre a Itaipu Binacional, Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) e universidades envolvidas.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, Aldo Bona, destacou a importância de enxergar nas universidades o potencial de levar aos municípios aquilo que pode ajudar a superar seus principais problemas. “Potencializar as nossas universidades, fazer com que elas possam cada vez mais atuar nas suas regiões, nas sociedades em que estão inseridas é uma grande estratégia de contribuição para o desenvolvimento econômico, social, para gerar transformação, gerar emprego e renda, e ajudar o país e o Estado a se desenvolver como um todo”.

O diretor geral da Itaipu Binacional, professor Enio Verri, enalteceu o trabalho realizado em conjunto para melhorar a realidade das pessoas que serão beneficiadas com os projetos de extensão. “Nós estamos construindo aqui uma grande parceria, a bem das políticas públicas do governo federal no Paraná e Mato Grosso do Sul. Nessa troca, quem ganha é o território que nós atendemos”.

Além da concessão de bolsas, o edital irá custear equipamentos e insumos. As universidades participantes farão uma pré-seleção de projetos e encaminharão as propostas para uma comissão técnica avaliadora, que faz a análise técnica, aprovação e distribuição por áreas de abrangência.

As bolsas proporcionarão apoio financeiro aos estudantes, como subsídio à execução dos projetos de extensão, para construir uma rede sólida de ações de extensão voltadas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Leia também: Helicóptero da Marinha resgata grávida de gêmeos e bebê no Rio Grande do Sul


BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone