Destaque Economia

Ponta-grossenses optaram por usar 13º salário para pagar dívidas ou comprar menos, diz Sindilojas

Pesquisa mostrou que 4 a cada 10 brasileiros pretendiam usar o décimo terceiro salário para renegociar dívidas

No final de 2023, uma pesquisa do Serasa, em parceria com o instituto Opinion Box, mostrou que quatro em cada 10 brasileiros pretendiam usar o décimo terceiro salário para renegociar dívidas e não para as tão famosas compras de final de ano. Situação que ocorreu, também, em Ponta Grossa.

Onde as vendas de final de ano foram boas, mas poderiam ter sido melhore, como explica José Carlos Loureiro Neto, presidente do Sindilojas Ponta Grossa e Região. O Sindicato conversou individualmente com alguns empresários e foi possível concluir que o movimento foi bom.

“Mas claro, poderia ser melhor, porém sabemos que o cenário econômico ainda não é favorável para isso, visto o alto endividamento das famílias que, diante disso, optaram por comprar menos ou usar o 13º salário para pagar dívidas“, disse Carlos Loureiro.

O motivo mais popular para uso do dinheiro, apontado pelos entrevistados, é quitar dívidas (40%), seguido pelo pagamento de contas básicas (24%) e pelos gastos de início de ano (16%), como Imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) e Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU).

Leia mais: Prefeita Elizabeth determina corte imediato de viagens e diárias

Segundo o presidente do Sindilojas, o fim de ano, especialmente a semana do Natal, é o período de maior movimento do comércio, por isso é tão importante. “Pensando nisso, quando estamos formulando nossa Convenção Coletiva de Trabalho nós já definimos os dias de atendimento até mais tarde, porque sabemos desse movimento e que mais tempo para compras ajuda todos. E um feito importante em 2023, foi o comércio de rua abrir todos os domingos em dezembro, o que também ajudou o setor a vender mais e aumentar o ticket médio“.


    Kauana Neitzel

    Kauana Neitzel

    Kauana Neitzel é jornalista formada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

    Atua na área desde 2020. Possui experiência com redação em portais de notícia; trabalhou em rádio; participou de projetos do Governo do Paraná na área da fotografia e redação; estagiou na UTFPR, no departamento DIREC; trabalhou como chefe de redação em jornal impresso e site na região Centro-Sul do Paraná; atualmente, exerce o cargo de editora chefe no portal Boca no Trombone.

    Comentar

    Clique aqui para comentar

    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone