Destaque Política

Vereador de PG é denunciado por crime eleitoral

Vereador de Ponta Grossa é denunciado por crime eleitoral de omissão de documentos em sua prestação de contas da campanha de 2020.

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria Eleitoral de Ponta Grossa, apresentou denúncia por crime eleitoral contra um vereador da cidade em razão da omissão de documentos na prestação de contas da campanha – notadamente despesas com pessoal e impulsionamento de conteúdo em redes sociais. Os ilícitos teriam ocorrido na campanha de 2020, na qual o agente político foi eleito.

A ação penal é amparada em inquérito policial eleitoral, que aponta que o vereador omitiu o pagamento de pelo menos oito pessoas que teriam feito panfletagem para ele, bem como despesa de R$ 2.500 para promoção de conteúdo em rede social (Facebook), incorrendo assim “no crime previsto no artigo 350 do Código Eleitoral, por duas vezes, em concurso formal”.

A pena prevista é de reclusão por até cinco anos e multa.

O processo vai tramitar perante o Juízo da 139ª Zona Eleitoral de Ponta Grossa.

Leia também: Audiência Pública em Ponta Grossa discutirá revisão do Plano Diretor


Das assessorias

Das assessorias

Textos produzidos pelas assessorias de imprensa. Sejam dos órgãos públicos, de empresas da iniciativa privada ou de organizações do terceiro setor.

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone