Destaque Política

ACIPG é contrária a portaria que restringe trabalho em feriados e pede revisão urgente

De acordo com a ACIPG, a medida traz flagrantes prejuízos à segurança jurídica e à liberdade de iniciativa dos cidadãos que empreendem em o país.

A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), na figura da presidente Giorgia Bin Bochenek, diretores e associados, se manifesta frontalmente contrária à Portaria MTE nº 3.665/2023, publicada no último dia 14 de novembro, que revoga e altera itens da Portaria MTE nº 671, de 11 de novembro de 2021, que autorizava, em caráter permanente, o trabalho em feriados para as atividades do comércio em geral não previstas em convenção coletiva de trabalho (CCT).

A medida traz flagrantes prejuízos à segurança jurídica e à liberdade de iniciativa dos cidadãos que empreendem em nosso país, além de impactar, severamente, a atividade econômica e a geração de empregos. O comércio já enfrenta muitas dificuldades para se manter produtivo, viável e ainda assim um dos maiores geradores de emprego na nossa cidade.

Leia também: Cidades dos Campos Gerais têm prazo prorrogado para pagamento do Simples Nacional

A ACIPG analisa que medidas podem ser tomadas para que tal medida seja revertida, e, em alinhamento à Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), pleiteia que seja revogada a Portaria MTE nº 3.665/2023 e propiciado espaço para aprofundamento do debate sobre esses e outros aspectos relacionados ao tema, dada sua relevância para o país, sem haver açodamento, considerando a repercussão para a sociedade brasileira.


Das assessorias

Das assessorias

Textos produzidos pelas assessorias de imprensa. Sejam dos órgãos públicos, de empresas da iniciativa privada ou de organizações do terceiro setor.

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone