Coluna

O ano mágico da música, por John Elvis Ramalho

Celebrando a era do Rock nos anos 90, John Elvis Ribas Ramalho nos leva em uma viagem musical, destacando álbuns icônicos de 1991

Fala, galera do Portal BOCA NO TROMBONE! Aqui estamos nós novamente para mais uma coluna musical, e hoje me veio à mente uma ideia muito louca. Certa vez, um chefe meu me disse que curtia ideias muito loucas e sempre permitia-me tentar executá-las, e não é que davam certo mesmo? Pois bem, em tempos de inteligência artificial, em tempos de alta tecnologia e pouco talento, parece até um absurdo lembrar e escrever sobre um tempo em que saía uma obra-prima musical atrás da outra e mesmo assim tinha gente que torcia o nariz. E agora, então, vamos fazer novamente uma viagem no tempo.

Para quem possa interessar, ainda tenho convicção de que as melhores músicas são as da década de 1970, com um destaque também para a estilosa década seguinte, que para muitos é a melhor de todos os tempos. Pois é, só que logo na sequência vêm os anos 90, e esta é a década chave para toda uma geração, inclusive a minha, já que era a nossa vez de curtir e ter opiniões e por que não dizer voz. E o ano específico de 1991 teve além de lançamentos de excelentes discos e álbuns de bandas já gigantes, como por exemplo o “USE YOUR ILLUSION” do Guns’n’Roses, “NO MORE TEARS” do Ozzy Osbourne e “LIVE” do ACDC, que simplesmente matavam a pau. Inclusive, com exceção do álbum do príncipe das trevas, os demais eram duplos.

Mas, e se eu te disser que em 1991 também despontaram discos maravilhosos e que alçaram nomes ao Olimpo do Rock e da música mundial, nomes como PEARL JAM, REM E principalmente NIRVANA, que com seu álbum “Nevermind” renovaram e inclusive dominaram as paradas de sucesso com seu carisma e talento. Também devemos fazer uma menção honrosa ao álbum “ARISE” do Sepultura, que é a maior banda do metal brasileiro e reconhecido internacionalmente.

Portanto, apesar de 1991 tocar bastante nas noites de Pg City, um tal de TECNOTRONIC, do qual não irei discorrer, ainda havia algumas esperanças bem palpáveis. Aliás, como dizem, a esperança é a última que morre, não é mesmo?

VIVA O ROCK’N’ROLL!

JOHN ELVIS RIBAS RAMALHO É RADIALISTA, COLUNISTA E BACHAREL APRESENTA O CLUBE ROCK 🎸 LIGHT NA 94.1 FM, SÁBADO 21HS NÃO FIQUEM MARCANDO, SINTONIZA

Leia também: Três escolas de samba desfilam na Vicente Machado neste sábado (10). Veja todos os detalhes


    BNT Vídeos

    Quer receber as Newsletter BnT?

    Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone