Entretenimento

Projeto em PG lança podcast sobre música e turismo

Assessoria
O RevoadaCast apresenta 8 artistas ponta-grossenses conversando sobre suas carreiras, inspirações e projeções para o futuro

O cenário musical de Ponta Grossa tem um novo podcast. É o programa RevoadaCast, um podcast que apresenta para os ouvintes as trajetórias e os processos de criação de artistas locais, com a proposta de valorizar o trabalho de músicos e musicistas e complementar a experiência transmidiática do projeto Revoada Sessions. Os episódios já estão disponíveis de forma gratuita no canal do YouTube e nas plataformas de áudio Spotify, Deezer e Amazon Music.

Realizado pelo Estúdio Piralinda, o projeto conta com a produção executiva de Eduardo Godoy, da Estratégia Projetos Criativos, e com apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIFIC). As edições foram feitas por Luiz Vinicius Taborda Pacheco e o roteiro e apresentação por Tamires Limurci.

Nesta primeira temporada, o RevoadaCast apresenta oito episódios, sendo sete com duração de cerca de 20 minutos e um episódio especial, com 1h de duração, gravado com o músico David Barros antes de sua mudança para os Estados Unidos. Além dele, participam do projeto os convidados: Alisson Camargo, Juliano Gafanhoto, Isabela Huk, Julio Mano, Lilo, MUM e Vivian Bueno, artistas ponta-grossenses que participaram dos clipes musicais com canções autorais gravadas em diferentes cenários turísticos naturais e urbanos do município. A ação tem o patrocínio da Unimed Ponta Grossa, Pontamed, Jura Veículos, Planalto Select Hotel, Lumen Café + Gastronomia e Central Park Estacionamentos.

Para a jornalista e mediadora do programa, Tamires Limurci, cada episódio discute novos gêneros, processos criativos e traz à tona a diversidade sonora do cenário musical de Ponta Grossa. “São artistas que conhecem e participam desse cenário há anos, cada um em seu estilo, e que estão se aventurando nas composições próprias. O ‘Revoada’ é um projeto especial porque apresenta a cidade por dois pontos principais: o turismo e as pessoas”, comenta.

Entre os principais temas discutidos entre os artistas estão o processo de inspiração e escrita das músicas autorais, o sentimento de gravar em meio a atrativos turísticos, dificuldades de trabalhar com música na cidade, quais suas projeções para o futuro e conselhos para quem deseja começar nesse cenário musical.

Responsável pela realização e edição do projeto, Luiz Vinicius (‘Vina’), do Estúdio Piralinda, aponta que o projeto nasceu de duas paixões pessoais: as belezas naturais da região e a música. “É uma satisfação, tanto como artista quanto como pessoa que mora em Ponta Grossa, participar do Revoada Sessions. Sobre os podcasts, foi muito legal e muito bom ouvir as experiências, conhecer um pouco melhor os compositores, conhecer as propostas musicais e saber também o que eles acharam do projeto. Então, foi muito legal e muito gratificante”.

Para Vivian Bueno, intérprete e compositora da canção ‘Canto’, gravada no Parque Lago de Olarias, projetos como esse são importantes porque relembram que a arte e o turismo andam juntos, e precisam ser estimulados como tal. “Ponta-grossense nascida e criada, participar do projeto ‘Revoada Session’ me trouxe alegria de ter a possibilidade de recordar minha música no cenário urbano, vivo e pulsante da ‘Princesa dos Campos Gerais’”, afirma.


BNT Vídeos

Mais Lidas

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone