Paraná

Sanepar ajuda cidades do RS na recuperação do abastecimento e limpeza

Imagem: Sanepar
Os motoristas com os veículos saíram de Curitiba, Ponta Grossa, Pato Branco e Foz do Iguaçu, e trabalharam por mais de 30 dias no transporte de água potável

Profissionais, veículos, equipamentos e água potável fazem parte do pacote de ações da Sanepar em prol do Rio Grande do Sul desde o início de maio. As equipes, formadas por 34 agentes operacionais e três engenheiros, contribuem com a distribuição de água tratada e o restauro das áreas atingidas pelas enchentes.

Atuam ainda na limpeza de vias e logradouros públicos, na recuperação das unidades e sistemas de produção de água, na reconstrução de diques e no abastecimento com água tratada nas cidades que integram a Grande Porto Alegre. O trabalho deve ser mantido pela Sanepar no estado gaúcho ainda neste mês de junho.

A mobilização começou logo após a ocorrência da maior catástrofe do Sul e que deixou muitas cidades gaúchas em calamidade pública, dentre elas, a capital Porto Alegre. Imediatamente, a Sanepar enviou 144 mil copinhos de água potável e cinco caminhões-pipas ao Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) da capital, à Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) e às prefeituras da Região Metropolitana de Porto Alegre.

Os motoristas com os veículos saíram de Curitiba, Ponta Grossa, Pato Branco e Foz do Iguaçu, e trabalharam por mais de 30 dias no transporte de água potável para abastecer hospitais, alojamentos, lares de idosos, orfanatos, entre outros locais.

Já a equipe de engenharia eletromecânica da Sanepar teve como missão ajudar a reconstruir os diques de contenção em Porto Alegre, Canoas e São Lourenço, e auxiliar na restauração e recuperação dos equipamentos de captação, bombeamento e distribuição de água e de coleta e tratamento de esgoto, além de contribuir com a instalação de sistemas provisórios de bombeamento de água nas áreas alagadas.

Quando as águas começaram a baixar e a mostrar o rastro de danos, destruição e sujeira deixado nas cidades, a Companhia enviou cinco caminhões hidrojateadores para fazer a desobstrução de galerias de águas pluviais tomadas pela lama, a lavagem e a limpeza de ruas, calçadas, praças e outros locais públicos.

A decisão da Sanepar de contribuir com o Rio Grande do Sul teve a adesão de equipes convidadas a participar da ação. Os empregados contam que enfrentaram muitos desafios, como a incerteza do que iriam encontrar, de onde ficariam alojados, do tempo e das condições com que iriam se deparar.

ÁGUA POTÁVEL

Depois de enviar água potável envasada e caminhões-pipa, a Companhia também colocou à disposição do governo gaúcho três reservatórios modulares com capacidade para armazenamento de 70 mil litros de água cada.

DOAÇÕES

A solidariedade também foi demonstrada pelos empregados da companhia na mobilização para arrecadação de alimentos, kits de higiene, agasalhos e cobertores, calçados e roupas de cama, mesa e banho. No total, mais de 5 mil quilos de donativos saíram do Paraná rumo ao estado gaúcho.

Leia também: Homem é vítima de assalto e leva golpe de facão na cabeça em bairro de PG


Das assessorias

Das assessorias

Textos produzidos pelas assessorias de imprensa. Sejam dos órgãos públicos, de empresas da iniciativa privada ou de organizações do terceiro setor.

Comentar

Clique aqui para comentar

BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone