Campos Gerais Destaque

Tibagi intensifica combate à dengue com primeira blitz educativa do ano

Fotos: Giovagner Pires/ASCOM Pref. Tibagi
Devido ao aumento de casos em todo o Estado, a população precisa redobrar os cuidados. Município ainda não tem nenhum caso confirmado

A Prefeitura de Tibagi, através da Secretaria de Saúde e da Coordenadoria de Defesa Civil, realizou na última sexta-feira (26) a primeira blitz educativa do ano sobre o combate à dengue no município.

O período do ano com maior transmissão da doença ocorre geralmente de novembro a maio. O acúmulo de água parada contribui para a proliferação do mosquito e, consequentemente, maior disseminação da doença. É importante evitar água parada, todos os dias, porque os ovos do mosquito podem sobreviver por um ano no ambiente.

Leia também: Carambeí está com inscrições abertas para cursos profissionalizantes

Os sintomas são: Febre alta > 38°C; Dor no corpo e articulações; Dor atrás dos olhos; Mal-estar; Falta de apetite; Dor de cabeça; Manchas vermelhas no corpo. No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), apresentar quadro leve, sinais de alarme e de gravidade. Os sinais de alarme são assim chamados por sinalizarem o extravasamento de plasma e/ou hemorragias que podem levar o paciente a choque grave e óbito. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento de mucosas.

Em caso de dúvidas, contatar o Controle de Zoonoses de Tibagi (42) 98811-2644 ou com a Defesa Civil pelos números: (42) 98830-6954 / 3275-2664 / 3275-2237 / 199.


BNT Vídeos

Quer receber as Newsletter BnT?

Cadastre-se e receba, um email exclusivo com as principais noticias produzidas pela equipe do Portal Boca no Trombone